Supricel Construtora recebe prêmio CBIC de Responsabilidade Social

A Supricel Construtora recebeu neste mês o Prêmio CBIC de Responsabilidade Social, oferecido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção com o objetivo fortalecer e estimular o desenvolvimento de ações socialmente responsáveis no setor. A empresa piracicabana foi selecionada nacionalmente pelo projeto Reciclando é que se Constrói, que oferece destinação seletiva do lixo doméstico reciclável dos vizinhos das obras da Supricel.

 

A entrega foi feita na cerimônia de abertura do 85º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), pelo presidente da CBIC, Paulo Safady Simão, na presença da ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, representante da Presidência da República no evento. Na ocasião, a ministra saudou a conquista como um comprovante da responsabilidade social do setor da construção no Brasil.

 

Segundo a analista da qualidade da construtora, Cláudia Ramires Queiroz, o projeto consiste na disponibilização de tambores para colete do lixo reciclável para os vizinhos, que são comunicados formalmente por uma carta sobre o serviço implantado na obra. ?O local é na própria construção, com aberturas para a rua, para que as pessoas possam colocar os resíduos em qualquer horário e com comodidade?, explica. O primeiro protótipo foi realizado na obra Monteiro Lobato, em Piracicaba.

 

O material reciclável dos moradores do entorno, juntamente com os resíduos da obra, são encaminhados para a cooperativa local de reciclagem que beneficia cerca de 60 famílias.

 

O diretor executivo da Supricel Construtora, Oswaldo Bongagna Jr., explica quer a iniciativa visa reduzir o impacto ambiental dos resíduos domésticos e da construção civil, além de auxiliar a cooperativa de reciclagem. ?Pretendemos implantar esse trabalho em todos os canteiros da Construtora. Nossos funcionários também são treinados e conscientizados sobre a importância da iniciativa.?

 

O projeto também realiza palestras em escolas sobre reciclagem e concurso entre os funcionários para confecção de móveis e artesanato com materiais que seriam descartados.